Modelo da SciElO em perspectiva

Atualizado: Mai 12

Edna da Silva Angelo*

ednasangelo@gmail.com

https://orcid.org/0000-0002-8739-6436

http://lattes.cnpq.br/2724955848652904


As revistas científicas de qualidade da América Latina estão atrasadas na transição para o modus operandi de fazer e comunicar investigações! Essa é a afirmação proferida por Abel Laerte Packer, cofundador e diretor do Scientific Electronic Library Online (SciELO) (PACKER, 2020).

O que se quer é conscientizar acerca da urgência de mobilização dos conselhos editoriais. As revistas são chamadas a cumprir um rol crítico na promoção e na implantação da ciência aberta.

Esse sistema promulga o conhecimento como bem público global e reflete um conceito amplo que combina vários movimentos com a finalidade de fazer o conhecimento científico disponível para todos sem custos (PACKER, 2020).

Ao ser adotado, tem como efeito aumentar o intercâmbio de informação e abrir o processo de criação e circulação do conhecimento aos atores sociais mais além da comunidade científica institucionalizada. Aperfeiçoará a transparência, a reusabilidade e a reprodutibilidade das pesquisas comunicadas (SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE, 2020).

Para a transição, propõem-se ações no âmbito de três dimensões:

  • Primeira dimensão: aceitação de preprints (manuscrito depositado em servidores de preprints confiáveis antes ou em paralelo à submissão).

  • Segunda dimensão: compartilhamento dos dados, códigos, métodos e outros materiais utilizados e resultantes das pesquisas.

  • Terceira dimensão: abertura progressiva do processo de avaliação dos manuscritos por pares (SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE, 2020).

Para Packer (2020), “há uma preocupação exagerada, em seu ponto de vista, quanto aos efeitos e riscos da ciência aberta”. Segundo ele, “não tem saída. [...] não pode ficar ilhado como país, como região ou como revista. [...] temos que fazer parte do fluxo global de informação científica”.

Nessa amplitude, as revistas têm o desafio de mostrar sua relevância não somente acadêmica, mas também social, cultural e econômica. Espera-se que, até o final de 2020, as políticas editoriais das revistas que compõem a coleção SciELO sejam atualizadas e, a partir de 2022, estejam efetivamente operando em sintonia com a ciência aberta (SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE, 2020).

REFERÊNCIAS


PACKER, Abel Laerte. Buenas prácticas y Ciencia Abierta en el proceso rditorial de revistas científicas. In: CONGRESSO DE REVISTAS CIENTÍFICAS DA ASOCIACIÓN URUGUAYA DE REVISTAS ACADÉMICAS – AURA, 1., 2020, Uruguai. Palestras [...] Uruguai: AURA, 2020. Disponível em: http://bit.ly/AURA-invitacion. Acesso em: 2 nov. 2020.

SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE – SciELO. Critérios, política e procedimentos para a admissão e a permanência de periódicos na Coleção SciELO Brasil. São Paulo: SciELO, 2020. 42 p. Disponível em: https://www.scielo.br/avaliacao/20200500%20Criterios%20SciELO%20Brasil.pdf. Acesso em: 2 nov. 2020.


Como citar:

ANGELO, E. D. Modelo da SciElO em Perspectiva. Ciência da Informação Express, [S. l.], v. 1, n. 2, 9 nov. 2020. DOI 10.6084/m9.figshare.13281467. Disponível em: https://cienciadainformaca.wixsite.com/ciexpress/post/modelo-da-scielo-em-perspectiva.

*Dados biográficos da autora

Doutoranda e Mestre em Gestão & Organização do Conhecimento pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). MBA em Marketing pelo Centro Universitário UNA. Bacharel em biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Bibliotecária (CRB-6 / 2560) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).



Teaser